Convidados

José Fragozo // Fotógrafo

www.josefragozo.com

José Fragozo vive há mais de 10 anos em África, onde observa e fotografa animais selvagens no seu ambiente natural. Para o seu trabalho, elabora modelos matemáticos que tentam explicar e antecipar alguns comportamentos coletivos, observados principalmente em mamíferos. As suas fotografias têm sido publicadas em revistas de referência, como a National Geographic e a GEO, e premiadas em variados concursos internacionais, incluindo o Wildlife Photographer of the Year.

Egoitz Icaza // Fotógrafo

egoitzikaza.wixsite.com/naturfotoegoitzikaza

Desde que se estreou no mundo da fotografia de natureza, aos sete anos, Egoitz Icaza (nascido em 1997) acumulou do outro lado do visor centenas de espécies, paisagens e histórias, focadas, principalmente, na fotografia de aves, embora nunca perca a oportunidade de retratar qualquer espécie animal que se cruze na frente dos seus olhos e câmara. Através das suas imagens, Egoitz tenta mostrar e destacar a importância daquelas espécies que vivem no nosso ambiente mais próximo, como forma de conhecimento e valorização dos espaços naturais que nos rodeiam. Apesar de ter apenas 24 anos, já teve oportunidade de visitar alguns dos lugares mais incríveis e emblemáticos do planeta, como a savana africana, os Alpes ou Marrocos. À medida que crescia, Egoitz aperfeiçoou a sua técnica, até ao ponto de deixar de lado a fotografia mais documental para perseguir o objetivo de dar a cada imagem um cunho distintivo, aquele "algo"que pode marcar a diferença entre o que é uma imagem atraente e uma que seja realmente impressionante. Aos 20 anos, teve o prazer de começar a colaborar com a marca Olympus, atualmente Om System, e da qual é agora embaixador de primeiro nível. Graças às diversas colaborações teve a oportunidade de ser orador em diversos eventos e festivais relacionados com o turismo de natureza e fotografia, tanto a nível nacional como internacional, entre os quais se destaca Montphoto, FIO, Colorfoto ou Casanova.

Carlos Rio // Fotógrafo

carlospalmario.wixsite.com/crio

Carlos Rio, 57 anos, natural de Fão, Esposende, fotógrafo naturalista, guia de birwatching e conservacionista. Formador IFP. O estuário do Rio Cávado, no norte de Portugal, é o seu "escritório", o seu local preferido para fotografar dentro de um espaço maior que é o Parque Natural do Litoral Norte. Nasceu há 57 anos praticamente ao lado do Rio Cávado e só há 17 anos é que aprendeu a olhar para o estuário e a entender a sua dinâmica, a perceber que há muito mais do que Gaivotas a voarem sobre o rio e que a grande parte dos locais e dos visitantes também nunca perceberam a riqueza e a enorme biodiversidade que existe no PNLN e neste estuário! Pensou, então, que "tinha a obrigação" de mostrar a todos essa riqueza e demonstrar porque é importante que este espaço natural seja preservado. A melhor forma que encontrou para cumprir essa missão foi começar a registar em fotografia a biodiversidade local, sempre com o lema: “Dar a conhecer para preservar”! Desde aí tem fotografado em todo o território português e alguns outros países.

Antonio Caño // Director & Photographer

naturephototoursspain.com

Antonio Caño, nascido na Andaluzia, estudou Geologia porque sempre quis trabalhar em contato com a natureza e desde cedo se interessou por viagens e fotografia de vida selvagem. Em 2018 fundou a Nature Photo Tours, uma empresa dedicada ao turismo fotográfico em toda a península e parte da Europa, onde ministra cursos e formação a centenas de fotógrafos todos os anos. Procura sempre dar um toque artístico às suas fotografias, torná-las interessantes para todos os públicos e poder transmitir a sua mensagem de conservação ao maior número de pessoas. Ele considera que não deve haver segredos na fotografia e é por isso que ele e o resto dos guias da empresa compartilham todos os seus segredos para que a fotografia se torne uma “arma de conscientização” que pode ser usada por cada pessoa que quiser.

Daniel Pinheiro // Fotógrafo / Realizador

www.wildstepproductions.com

Fotógrafo e realizador português, especializado em história natural. Mestre em Wildlife Documentary Production pela Universidade de Salford, Inglaterra, onde aprendeu com vários profissionais da Unidade de História Natural da BBC, incluindo Sir David Attenborough, Paul Reddish, entre outros. Licenciado em Comunicação e Design Multimédia pelo Instituto Politécnico de Coimbra. Técnico de Audiovisuais na Fundação Calouste Gulbenkian entre 2008 e 2010. Em 2014 fundou a Wildstep Productions, produtora independente especializada em conteúdos de História Natural e Ambiente com o objectivo de chegar ao grande público conectando Arte, Ciência e Conservação. As suas produções foram emitidas pela TV portuguesa e internacional (SIC, RTP1, TVE, Wild Planet, CCTV, HRT e Planete+, obtendo recordes de audiência no formato História Natural em Portugal e premiadas em festivais de cinema. Participou em várias produções em Portugal, Espanha, Peru, Brasil e Argentina com destaque para a série “Wild Untamed Brazil” para o National Geographic Channel. Como fotógrafo de natureza publicou na National Geographic Magazine, NG Website, Terre Sauvage, Asferico, The Telegraph, Vanity Fair Itália e foi distinguido em vários concursos internacionais: Nacional Geographic Photo Contest, Nature Image Awards e Asferico. Na Gala da Ciência 2012, foi-lhe atribuído o Prémio “Seeds of Science” pela relevância científica do seu trabalho e divulgação dos valores naturais.

Luis Pinheiro // Fotógrafo / Realizador

www.wildstepproductions.com

Mestre em Arquitectura pela Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto, colabora desde a fundação da Wildstep Productions na realização e produção de filmes de história natural. Participou em várias produções transmitidas em TV, distinguidas e premiadas em festivais de cinema portugueses. Operador de câmeras de cinema, fotografia e imagem aérea com mais de 250h de voo em Áreas Protegidas de Portugal. Filmou mais de 280 espécies da fauna e flora portuguesa, onde se destacam Lobo-ibérico, Lince-ibérico e grandes aves de rapina.

Nuno Vasco Rodrigues // Fotógrafo

www.nunovascorodrigues.com

Nuno Vasco Rodrigues é biólogo marinho e mestre em Estudos Integrados dos Oceanos. Ao longo da sua carreira trabalhou em várias instituições líderes no campo dos estudos e conservação marinha, esteve envolvido em diversos projectos de conservação e integrou um grande número de expedições científicas. É autor de dezenas de artigos científicos e de 3 livros sobre fauna marinha, tendo contribuído para muitos outros. Como fotógrafo, especializou-se na vertente subaquática, utilizando a imagem como instrumento de estudo e comunicação, tendo como objectivo a conservação. As suas imagens têm sido amplamente publicadas em livros, jornais e revistas e também expostas globalmente, tendo várias sido premiadas em concursos internacionais. Em 2021 foi considerado o fotógrafo de conservação pela Ocean Geographic e alcançou o 2º lugar na categoria de fotojornalismo. Mergulhador certificado desde 2000, tem mais de 1500 horas debaixo de água, em vários lugares do mundo, a maioria das quais a estudar e fotografar a vida marinha.

Luís Afonso // Fotógrafo

luisafonso.com

Nasceu em 1972 e reside atualmente em Oeiras. Formador e líder de passeios fotográficos desde 2010, realizou mais de uma centena de experiências fotográficas. Presença regular, como orador, nos principais festivais de fotografia de natureza em Portugal. Tem sido convidado para ser jurado nos mais prestigiados concursos nacionais de fotografia de natureza. Desde 2017, é Diretor de Programação do Festival de Fotografia de Paisagem de Manteigas - Imaginature. Desde 2008, fotografa exclusivamente paisagem natural. Em 2017, lançou o seu primeiro livro dedicado ao concelho de Porto de Mós. Um segundo livro dedicado à fotografia de paisagem íntima foi lançado em outubro de 2020. Tem conteúdo publicado na National Geographic Portugal e Espanha, Visão, Wilder, Super Interessante, entre outros. Ganhou por duas vezes o primeiro prémio no concurso nacional de Fotógrafo de Natureza do Ano nas categorias de Paisagem e Arte. Gosta de fotografar no seu país, em locais com os quais pode desenvolver uma relação de longa data. Está mais interessado em mostrar cenários íntimos do que a grande vista, pois acredita que a fotografia da natureza pode e deve representar muito mais do que apenas “isto foi o que eu vi".

João Ferreira // Fotógrafo

www.facebook.com/joao.ferreira.5473

João Ferreira, nascido em Braga, em 1987, cedo revelou grande entusiasmo pelo mundo natural, especialmente pela fauna, “devorando” documentários e livros sobre o tema e procurando a fauna que se poderia encontrar nas imediações de um ambiente rural. Fotografo de natureza desde 2014, de forma principalmente autodidata, começou por explorar fotograficamente as zonas florestais de Braga e o Parque Nacional Peneda Gerês. Entende a fotografia de natureza como uma forma de documentar os seres vivos e ecossistemas, mas também, como uma forma de arte, que faz a ponte entre a sensibilidade humana e o mundo natural, sendo por isso uma ferramenta fundamental para a preservação dos valores naturais. Passaram pelas suas lentes espécies como o lobo-ibérico, grifo, salamandra-lusitânica, vaca-loura e muitos outros. Já teve fotografias distinguidas em concursos como o Braga natural, ADERE Gerês-Xurés e Rewilding Portugal/Comunidade cultura e arte. Efetua trabalhos fotográficos para os municípios de Braga e Valongo, bem como empresas de turismo de natureza.

Daniel Santos // Biólogo / Fotógrafo

www.danielsantosphoto.com

Daniel Santos vive em Gondomar e desde sempre teve uma grande admiração pela natureza. Em 2011 iniciou os seus estudos em biologia na Universidade do Porto e hoje trabalha como biólogo e fotógrafo de natureza. O turismo de natureza é também uma área que sempre o interessou e, por isso, tem vindo a desenvolver vários projetos que conciliam e integram todos estes temas. Com as tours e os workshops de fotografia de natureza, o Daniel deu a conhecer a pessoas de todo o mundo, algumas das paisagens mais belas do país, assim como a biodiversidade lá existente, sendo os seus locais de eleição o Parque Nacional da Peneda Gerês e a Serra da Freita. Com o seu trabalho espera não só mostrar a verdadeira beleza da natureza, mas também consciencializar as pessoas para os problemas ecológicos que o planeta enfrenta.

Cláudia Costa // Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA)

http://claudiacosta.pt

Nasceu em Lisboa, em 1984. Em 2011 trocou a cidade pelo campo, iniciando uma viagem de descoberta pelo nordeste transmontano e sua ruralidade. Trabalha desde então na Associação para o Estudo e Protecção do Gado Asinino (AEPGA), uma organização não-governamental de ambiente que se dedica, sobretudo, à preservação do Burro de Miranda, à sua promoção e dignificação, não só enquanto património genético, mas também como importante património cultural. O burro foi o principal motivo dessa mudança de vida, uma vez que este animal simpático e de olhar doce a fascinava há muitos anos. Tendo sido atraída pelo burro para o planalto mirandês, tendo em conta que existe uma ligação entre este animal e esta região, acabou por se deixar ficar por estas terras que a inspiraram pela sua cultura, tradição e paisagem natural. As pessoas, a paisagem e a natureza são a sua inspiração, retratando o quotidiano que a rodeia através da fotografia, sempre de forma amadora e livre.

Luís Ferreira // Fotógrafo

www.luis-ferreira.com

Luis Ferreira nascido a 14 de Março de 1982, foi desde pequeno confrontado com o facto de pertencer a uma família de viajantes e aventureiros. Desde os bisavós que partiram para as Américas em busca de uma vida melhor, quatro avós que foram viver em Angola e os seus pais que se dividiram entre Portugal, África e América do Sul. O espírito de viajante está-lhe nos genes. Foi aos dezasseis anos que saiu na sua primeira experiência de viagem, foi até à Eslováquia integrado num intercâmbio cultural que fez questão de retratar, ainda em negativos, e foi aí que a fotografia começou a correr nas suas veias. Seguiu desde cedo o ramo das Artes e formou-se em Design Industrial no IADE em 2005. A vida encaminhou-o para aprofundar os conhecimentos de multimédia e foi aí que se estabeleceu até agora. O seu trabalho procura retratar um mundo quase invisível e de uma beleza raramente vista. A busca da relação que cria com os seres que fotografa, ajuda-o a fazer a ponte entre o homem e a natureza para a sensibilização da sociedade no que respeita à conservação e valorização das espécies. Tem sido um colaborador habitual da National Geographic Portugal e é frequente encontrá-lo a dar palestras nos mais conceituados Festivais relacionados com Natureza em Portugal. Tem desenvolvido diversos projetos fotográficos e videográficos para ONG’s, municípios, fundações e instituições que reconhecem a qualidade do seu trabalho. Tem sido ainda líder de viagens aventura, especializadas em impacto cultural e aventura, como é o exemplo da Índia e da Noruega.